Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

Celeirós - Valpaços

Celeirós

tags:
publicado por dmpires às 00:00

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Ana a 28 de Abril de 2010 às 16:41
Lindíssima foto !! Gosto da paisagem, da cancela e da cancelinha. Parabéns.
De M. Oliveira a 29 de Abril de 2010 às 10:26
Havia muito verde à volta da cancela e da parede velha, musguenta, que a suportava. E havia frio, com chuva miudinha e nevoeiro, que tornava tudo mais sombrio e as pessoas mais melancólicas.
A árvore, imponente, deixava que os seus ramos cobrissem a cancela e lhe sussurrassem palavras que só eles entendiam.
O caminho pisado por muitos pés, na labuta de muitos dias, levava-nos ao reino do nada, do abandono... do descanso.
Havemos de palmilhar este caminho, novamente, quando a Primavera despertar, numa explosão de vida e cor. Quero assistir, de novo, ao vaivém da gente que, ainda, continua a fazer, da terra, um hino de amor ao trabalho. Quero ver plantar, semear, mondar, regar e colher. E, quero ver, também, essas alfaias agrícolas a cumprir a sua missão...
Hei-de ouvir, extasiada, os sons da terra - o bater ritmado da enxada, o arado rasgando sulcos enquanto os bois, mansos, dominados pelo homem, entre monossílabos que se prolongam na distância, as cantigas que pontuam essas tarefas e as tornam menos duras, a água murmurando pelos regos...
Então, tudo quanto a nossa vista alcança, transformar-se-á em campos de linho azul, de batatais branco/azulados, de milho verde, de vinhas multicolores...
Quero ver, também, a cesta da merenda, coberta por branca toalha de linho, que a mulher transporta na cabeça, com tal graça e altivez que mais parece um chapéu de aba, usado por dama fina.
E ela, a merenda, vai ser saboreada, à sombra de uma árvore, ouvindo o murmurar da água e o canto das aves, entre conversas sérias e ditos jocosos.
De pé, novamente, rumo ao trabalho, hão-de entoar esta canção, dolente e ritmada:

Ó minha amora madura
Diz-me quem te amadurou
Ó minha amora madura
Diz-me quem te amadurou
Foi o sol, foi a geada
E o calor que ela apanhou
Foi o sol, foi a geada
E o calor que ela apanhou

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.melodias


Pablo Alboran - Perdóname (con Carminho) por PabloAlboran-Official

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Relógio

.arquivos

.favoritos

. S. Lourenço - Chaves

. Santa Valha - Valpaços

. Santiago do Monte - Chave...

. 150.000 VISITANTES

. 100.000 VISITANTES

. 50.000 Visitantes

. Pitões das Júnias - Monta...

. Quintela - Valpaços

. Carvela - Chaves

. S. Domingos - Valpaços

.links

.tags

. todas as tags

.Mosaico

www.flickr.com
Este é um módulo do Flickr que mostra as fotos de um álbum chamado Cancelas. Faça o seu próprio módulo aqui.

.Olhares

.Olhares on line

online

.O Tempo em Chaves


Weather Forecasts | Weather Maps | Weather Radar

.Lumbudus

blog-logo
blogs SAPO

.subscrever feeds